sábado, 27 de março de 2010

"Proteja seu celular contra roubos"


(mGuard ) é um pequeno programa que provê proteção e segurança em casos de furtos/assaltos e perda do aparelho celular. Agora os usuários podem perder um pouco daquela preocupação quanto a perder o aparelho, já que o mGuard pode resolver este pequeno problema.

Explicando resumidamente, quando o telefone é perdido ou roubado, e conseqüentemente alguém muda o sim card (o “chip” do celular), o mGuard manda uma mensagem para um número de telefone pré-definido, avisando que o chip do aparelho foi mudado.

Até o dado momento, o aplicativo é o único no mundo que tem a propriedade anti-roubo para aparelhos baseados em Java (J2ME, JavaME, MIDP). O programa não depende de certas funcionalidades como Bluetooth, GPRS ou GPS, ou seja, ele pode ser usado em áreas em que o sinal das antenas celulares está indisponível.

Algumas funções interessantes estão sendo preparadas para a próxima versão do programa, por exemplo: monitoramento remoto por SMS e o espião que guarda todas as informações que são computadas no aparelho.

Características:
• Primeira solução anti-roubo para telephones com suporte Java.
• Software livre.
• Notificação via SMS após mudança do sim card para o número pré-definido.
• Não afeta a desempenho do telefone.
• As operações funcionam com sigilo total.
• Instalação extremamente pequena.
• Configurações simplificadas e protegidas por senha.
Fonte : Baixaki-

Baixar o Programa

Saiu na WEB - Com promessas de cura e até de ressurreição, o apóstolo Valdemiro Santiago transformou sua Igreja Mundial num novo império evangélico.


– Uma das histórias que mais me impressionou (sic) foi de um homem que morreu. Como se diz no Nordeste, ele estava na pedra. A família já tinha recebido atestado de óbito. A filha dele chegou em mim na igreja, me abraçou e disse: “Se o senhor disser que ele está vivo, ele viverá”. O que houve ali foi pela fé dela. Comovido, respondi: “Então, está vivo”. Quando ela voltou para casa, estavam se preparando para velar o corpo e receberam a notícia de que o homem havia voltado à vida. Os médicos tentaram justificar, mas não conseguiram entender como o coração dele voltou a bater. Foi uma ressurreição.

O relato acima foi feito em 2009 pelo líder evangélico Valdemiro Santiago de Oliveira numa de suas raras entrevistas, concedida a uma publicação evangélica chamada Eclésia.

Alto, negro, extrovertido, de fala rouca cheia de erros de português e forte sotaque mineiro, Valdemiro, de 46 anos, é o criador, líder absoluto e autoproclamado “apóstolo” da Igreja Mundial do Poder de Deus. Caçula entre as neopentecostais, a igreja foi fundada em 1998, em Sorocaba, interior de São Paulo. Mineiro de Palma, região de Juiz de Fora, Valdemiro gosta de se definir como “homem do mato” ou “um simples comedor de angu”. Na pregação diária de bispos e pastores e no boca a boca de milhares de fiéis, é reverenciado como milagreiro. Além de afirmar ressuscitar os mortos, cultiva a fama de curar de aids, câncer, cegueira, surdez, tuberculose, hanseníase, paralisia, alergias, coceiras e dores em qualquer parte do corpo e da alma. Num domingo com três cultos, Valdemiro chega a apresentar mais de 30 testemunhos de cura. ÉPOCA tentou falar com Valdemiro durante dois meses. As solicitações foram feitas por meio de assessores e bispos e diretamente a ele, na saída de cultos. Em duas ocasiões, ele prometeu dar entrevista, mas nunca agendou.

Dissidência da Igreja Universal do Reino de Deus, a Mundial é a menos organizada das evangélicas. Seus templos têm instalações precárias. A pregação é classificada por alguns como “primitiva”. Há gritos, choros e performances espalhafatosas. Até suas publicações são visivelmente mais pobres que as das concorrentes. Apesar de fazer quase tudo no improviso, a Mundial já é considerada o maior fenômeno religioso do Brasil desde a criação da Igreja Universal, em 1977, sob a liderança do bispo Edir Macedo. Mais que isso, a Mundial começa a se firmar como ameaça ao império que a Universal ergueu no campo das neopentecostais.

Fonte: Revista Epoca - Saiba Mais

Saiu na WEB - Astrônomos descobrem mais 90 por cento do universo .


Os astrônomos sabem que muitas pesquisas do Miss Universo uma grande parte dos seus objectivos, mas um novo estudo descobriu que 90 por cento de galáxias passaram despercebidos.
Pesquisas tradicionais usam a luz emitida pelo hidrogênio, conhecida como a linha Lyman-alfa, para sondar o número de estrelas no universo longínquo.

Mas a nova pesquisa descobriu que Lyman alfa-luz fica presa dentro da galáxia que emite-lo e que 90 por cento das galáxias não aparecem em pesquisas Lyman-alfa, de acordo com o Universe Today.

"Os astrônomos sempre soube que eles estavam faltando alguma fração das galáxias Lyman-alfa pesquisas", explica Matthew Hayes, autor principal do estudo, publicado esta semana na revista Nature.
"Mas pela primeira vez, nós agora temos uma medição. O número de galáxias faltado é substancial ".
Usando o novo HAWK-I câmera acoplada a um telescópio, o Sr. Hayes e sua equipe examinaram uma área de espaço previamente medidos em termos de luz Lyman-alfa.
O novo inquérito gravados luz emitida no comprimento de onda diferente também por hidrogênio e brilhante conhecida como a linha H-alfa.

Fonte:dailymail.co.uk


Confira o Tempo Hoje

Novidades Informática